:SRP assina carta de intenção para a criação de curso superior de Gestão do Agronegócio

SRP assina carta de intenção para a criação de curso superior de Gestão do Agronegócio - TV Na Rua CornelioDigital SRP assina carta de intenção para a criação de curso superior de Gestão do Agronegócio - TVNaRua Cornelio Digital - Notícias, Eventos e Entretenimento
SRP assina carta de intenção para a criação de curso superior de Gestão do Agronegócio

Os diretores Comercial, Nivaldo Benvenho, e de Inovação, Renan Salvador, da Sociedade Rural do Paraná (SRP), assinaram na manhã desta sexta-feira (14) uma parceria da entidade com o Instituto do Ecossistema de Inovação de Londrina e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) para a criação de um curso superior em Gestão do Agronegócio em Londrina.

Para Nivaldo Benvenho, “uma sociedade nunca fica rica antes de ficar inteligente”. Ele recordou que a criação de cursos de graduação nas áreas de engenharia e medicina, por exemplo, contribuiu para Londrina torna-se referência nestes setores.

“Há cerca de 15 anos, a sociedade se organizou para discutir com as entidades de ensino como nós íamos industrializar a região, nós precisávamos de engenheiros. Formava-se aproximadamente 90 engenheiros em 2010 e hoje se forma mais de mil engenheiros e, com isso, toda a industrialização de Londrina, Cambé, Ibiporã aconteceu e hoje colhemos os frutos disso”, recordou Benvenho.

Segundo ele, se Londrina quer vincular a produção agrícola e a industrialização desta produção, a cidade precisa do braço, que são as engenharias, que vão atuar nessas indústrias, e também precisa de gestores para o agronegócio.

“Mas isso não é só para a industrialização. O pequeno ou médio produtor manda seu filho ou filha estudar Agronomia, mas neste curso o foco não é gestão, o foco é muito técnico. Só com Agronomia não vai ter gestão da propriedade”, avaliou Benvenho, reforçando que existe essa lacuna da gestão em Londrina.

“Com esta formação, o produtor vai gerir a própria propriedade, vai trabalhar num sistema financeiro ligado ao agronegócio ou vai trabalhar na indústria ligada ao agro porque ele entende de gestão do agronegócio”, ressaltou o diretor comercial.

Ele explicou que a Sociedade Rural do Paraná, via governança do agronegócio em Londrina, fez uma provocação à PUC para que a universidade trabalhasse junto a esses entes para discutir como viabilizar um curso superior de Gestão do Agronegócio na cidade. “E hoje é o start disso com a assinatura de uma carta de intenções para que num futuro, daqui a dez anos, aconteça a mesma coisa que as pessoas lá atrás fizeram na construção civil e na saúde.”

“Se nós queremos agregar valor e melhorar nosso desempenho no agronegócio, que é uma vocação que nós temos, nós precisamos plantar hoje para colher amanhã”, concluiu Benvenho.

Para Nádina Aparecida Moreno, diretora do campus de Londrina da PUC-PR, o momento é histórico. “É uma parceria que se fortalece e inicialmente está programada para a oferta de um curso de Gestão Integrada de Agronegócio, em nível de graduação, e também trazer um braço da nossa agência de inovação Hotmilk, com sede em Curitiba, para Londrina, com startups e acelerações focadas em agronegócio.”

Nádina vê o agronegócio de maneira transversal: “Nós podemos ter atividades no curso de Direito, Administração, Engenharia de Produção, Psicologia, Medicina. É um caminho que a gente abre para fortalecer a universidade e nessas parcerias quem ganha são as pessoas”.

“É muito bem-vinda e a gente espera que gerem muitos frutos essa parceria que a gente inicia hoje”, finalizou a diretora da PUC-PR, reforçando que a ideia é criar um curso de graduação, mas há, ainda, a possibilidade de outros cursos inovadores sob demanda, no modelo In Company, da PUC-PR, como cursos de curta duração e de especialização.

Nádina destacou que o curso de Gestão Integrada do Agronegócio já está funcionando no campus da PUC-PR em Toledo e que a ideia é trazer para Londrina. “É um curso que já está pronto e só precisamos fazer a customização para a realidade de Londrina. Poderia, inclusive, ser ofertado no vestibular de inverno se essas adequações forem feitas a tempo, com apoio dos parceiros.”

 

Fotografia: Henrique Campinha

Visualizações 62
Fonte: Expo Londrina
Por: Reda��o
Data: 15/04/2023 23h50min

Hospital do Câncer de Londrina


CONTATO
[email protected]
[email protected]
(43)99920-1893



TV Na Rua / CornelioDigtal / BandDigital- 2006 - 2023